E agora?

Oi gente, tudo bem?

To meio borocochó neste momento.

A secretária da médica que eu ia dia 11/12 me ligou perguntando se eu era gestante, respondi que não. Ela perguntou se eu continuava com o mesmo plano, neste momento entendi o por que da ligação, mas mesmo assim respondi que sim e ela me informou que a médica não atende mais esse plano e desmarcou a consulta. Simples assim e eu toda feliz e entusiasmada com a nova consulta =(

Isso quer dizer que voltamos a estaca zero em relação a um médico humanista.

Tem mais uma médica no meu convênio, mas quando liguei em outubro (eu acho) a agenda dela pra novas pacientes ia abrir em dezembro, liguei lá hoje e só tem previsão de abrir em 07 de janeiro.

E nenhum outro do meu plano é seguramente humanista… E agora?

O jeito é ficar com o meu mesmo, continuar tentando algum seguramente humanista ou (se for o caso) mudar de plano.

Beijinhos e boa semana!

Enquanto isso….

Olá meninas!

Enquanto não chega o dia da nova consulta com o GO (14/11), vamos papeando por aqui, néan?!

Essa será minha última consulta com esse GO, em agosto quando fiz minha primeira consulta pensando já em engravidar ele me passou os exames e eu já perguntei o que ele achava sobre parto normal, as respostas dele foram dignas da página Moça, teu GO é cesarista.

 

ImagemPrimeiro ele disse que achava PN ótimo, mas que o TP duram em média 12 horas de dores muito fortes onde o útero se expande para o bebê sair, depois que havia feito um parto normal em uma oriental e ela aguentou as dores sem reclamar, porém uma das pacientes (brasileiras) dele não aguentaram nem uma hora de dor e pediram a cesária, nesse momento eu disse que tinha amigas que tiveram parto natural, ele me interrompeu e disse que a vida sexual é muito importante nos dias de hoje e que a vagina tem em média 3 cm (ele fez uma forma juntando o polegar e o indicador) e passará um bebê de 3.000 Kg em média ou seja, a vagina não voltará ao normal então eu teria que discutir isso com o meu marido e não com minhas amigas. Argumentei que uma amiga teve gêmeos de PN e não teve problemas, ele rebateu com: gêmeos são menores, bebês até 2.500 Kg não causam tanta dilatação e a vagina volta ao normal.

Sai dessa consulta bem decepcionada, mas realmente achei que ele só estava tentando me mostrar a realidade do PN, mas depois que a ficha caiu mesmo, percebi que se fosse uma pessoa “alienada” ele teria me colocado um medo irracional do PN, mas o que ele não sabe é que eu tenho me informado muito sobre o assunto e ele não me assustou, apesar do medo de sentir dor =D

Voltei lá com os exames como contei aqui, mas não toquei no assunto e deixa ele achar que ainda serei paciente dele, realmente não estou a fim de comprar essa briga, prefiro mudar antes. 

Conversei bastante com minhas amigas e com a minha mãe que teve PN e elas me tranquilizaram, disseram que dói bastante sim, mas que depois que o bebê sai a recuperação é ótima e principalmente pro bebê é a melhor opção.

Consegui uma médica indicada por duas amigas e num blog de uma doula da cidade onde moro, mas só consegui marcar para dezembro. Como ainda estou na fase de pré – tentante, marquei e vou lá dia 11/12.

Meu marido super me apóia em relação ao parto, sempre separo várias matérias e depoimentos de blogs pra ele ver. 

A “discussão” entre nós agora é sobre o aleitamento exclusivo até os 6 meses, ele acha que o bebê precisa sim de água antes disso… To separando algumas matérias pra ele ler sobre isso! Mas é assunto pra um outro post!

Beijocas e uma ótima e ensolarada semana!