O que você estava fazendo a essa hora ano passado?

Eu estava parindo o Pedro, no chão da sala, após 4 horas de TP intenso e muito dolorido.
Hoje ele completa 365 dias de nascido, 365 dias de mudanças, nunca mais um dia foi igual ao outro.
É muito legal ver o quanto ele mudou e aprendeu em 1 ano, a mudança daquele bebê completamente dependente para essa criança quase andante. Um engatinhante muito explorador e curioso, quase independente.
Pedro, mamãe te ama demais, você veio pra alegrar ainda mais a nossa vida.

Anúncios

Pagando a dívida!

Olá, pessoas…

Esses dias a D. do (D)esejo de bebê, me cobrou um post prometido sobre as mudanças que ocorreram aqui depois que Pedro nasceu. Hoje estou vindo pagar minha dívida 😉

Depois de seis meses e 20 dias posso dizer que mudou tudo e ao mesmo tempo nada mudou.

Meu puerpério foi tranquilo, tive um baby blues leve e poucos problemas com amamentação.

As mudanças maiores foram nos horários. Sempre preferi a noite, eu começo a “funcionar” depois das 18h00. Faço comida, lavo roupa, louça, preencho planilha, tenho váááárias ideias ótimas pros meus projetos, só que agora eu tenho um bebê que dorme entre às 20h00 e 23h00 e acorda no máximo às 09:00… Tem dia q me empolgo e vou deitar às 03h30 e fico meio zumbi no dia seguinte.

Outra mudança grande foi com “cronograma diário”. Faço mil planos pro dia e ele resolve que quer colo ou a soneca de 2 horas dura 30 minutos. Ou seja, zoa tudo o que eu tinha pra fazer.

Com o marido nada mudou significativamente, ele é um pai suuuuuuper presente, troca fralda, dá banho, coloca pra dormir, fica quando tenho q trabalhar e realmente dividimos as tarefas do dia a dia.

Uma coisa que foi essencial no meu pós parto foi essa ajuda do marido. Ele pegou 10 dias de férias + 5 dias de licença e nesses 20 dias ele cuidou de mim. Me fazia suco no café da manhã, trazia comida enquanto Pedro mamava e me amparava quando rolava um “descontrole” nos momentos ruins/doloridos na amamentação.

Ah, aumentou o volume de roupa pra lavar e diminuiu o tempo pra fazer *hauahuahauahuahua*

Eu realmente to pensando e acho que o que mudou foi isso mesmo… Nada muito radical 😉

Beijocas

E o teto ficou interessante!

Olá, pessoas…

Hoje venho comemorar 5 meses do Pedro. 

Quando falam que passa rápido, passa mesmo… Me surpreendi como passou voando. Ainda ontem era um “mini” bebê com 50cm e 3.400kg, hoje já tem 63 cm e 7.100kg.

Agora ele já ri e ensaia as primeiras gargalhadas. Uma das mudanças mais interessantes que venho percebendo nas últimas 2 semanas é que ele descobriu que pode olhar pra cima. 

Ele sempre se encantou com ventiladores, lustres, luzes, enfeites, mas ele via essas coisas quando estava deitado em algum lugar (sofá, cama ou carrinho), agora ele descobriu que pode virar a cabeça pra cima, ou seja, tudo ficou diferente com esse novo movimento.

Lugares que ele estava “acostumado”, como o elevador de casa, se transformou num novo lugar. Ele olha pras luzes e se acaba de rir, é muito engraçado.

O sono dele também mudou, até semana passada ele dormia umas 23h00 e, as vezes, ia direto até 10h00/10h30. A mamãe que adora acordar tarde adorava essa rotina e não sentia nadinha de cansaço. Agora ele dorme no máximo às 20h30 e acorda por volta das 09h00. Isso me deixa mais cansada, então acabo dormindo com ele a sonequinha da manhã. Quase nem curto, ainda mais nesse friozinho que já está por aqui 😛

Quando o pai sai pra trabalhar ele acorda e mama, mas não é uma regra. O mamar não é, mas ele sempre abre os olhinhos pra dar tchau pro papai, segundo o próprio. *hauahauahuahauhauahuahu*

É engraçado ver como eles mudam e aprendem tanta coisa em tão pouco tempo.

To preparando uns posts sobre várias coisas, tentarei voltar em breve.

Beijos

Voltei!

Olá, meninas!

Voltei e quem sabe pra ficar.

Meu notebook está na UTI, coma induzido, marido ainda não conseguiu recuperar o HD e acho que não vai rolar… Perderei muitas fotos, incluindo as do ensaio gestante e do new born do Pedro #choralitros. Vou ver com a fotógrafa se ela ainda tem e pode me enviar de novo… Vamos ver!

Algumas mudanças ocorreram nessas últimas semanas. A primeira foi a mudança de emprego do marido, depois de 9 anos trampando na mesma empresa, ele conseguiu mudar. O único porém (que “causou” a segunda mudança) é que ele trabalhará aos fins de semana e folgará na semana. É um trampo muito bom, salário legal, benefícios melhores ainda e compensam o fim de semana trabalhado =D

A segunda mudança foi eu ter que sair da assessoria, com ele fora aos fins de semana é impossível de eu conseguir dar conta dos casamentos. Preciso de ajuda, pq Pedro fica comigo a tarde até após a cerimônia religiosa, quando mama e vai pra casa, mas depende da distância do local pra casa entre outras coisas, ainda cumprirei os contratos até o fim do ano (claro), mas não tem como continuar, infelizmente, pois eu realmente gostava de trabalhar com isso.

E a última mudança foi radical, cortei o cabelo mega curtinho. Rebelei, revolucionei, radicalizei… Meu cabelo não me representava, não estava feliz com ele e passei a tesoura.

Espero voltar em breve.

Beijos

Blog2

 

 

Ainda não foi dessa vez!

Olá, meninas!!!!

Como foram de Ano Novo? Aqui foi tudo mto legal… Fogos na praia, família reunida, camarões no almoço *kkkkkkkkk*

No dia 06/01 a Miss Red resolveu me acordar com uma cólia fenomenal, fazia muitos anos que não sentia uma cólica tão forte. Fiquei 2 dias a base de remédio.

Eu não me decepcionei com a vinda dela, eu tenho 2 (louca, eu?) apps que mostram o período fértil no cel eu sabia que as nossas “brincadeiras” só haviam coincidido com dois dias férteis, confesso que eu achei que poderia ter sido, mas também achei bom não ter sido já.

Estamos no aguardo de umas mudanças (que eu conto depois que acontecer) e eu acho que a descoberta de uma gravidez agora seria meio tumultuado. Eu continua com o AF (que me engordou 2Kg), não pretendo voltar a tomar o AC, mas também não estou tentando ativamente.

E ainda tem o agravante de que eu tenho pânico de ter o bebê no verão. Minha irmã nasceu no verão, com 1 semana ela ficou internada com desidratação, pois não conseguia mamar. Além de ver as amigas comentando do calor, do inchaço, que dá alergia, que incomoda… Tirando que coitado do bebê nascer no verão de 47º de Santos.

Resumo da ópera: Tentar ativamente mesmo só lá pra Junho. Até lá a gente vai treinando sem restrições *kkkkkkkkkkk*

Muitas Beijocas e um ótimo sábado a todas!

A vida sem anticoncepcional!

Olá, meninas!!!

Sumi um pouquinho, né? Foi por uma boa causa *kkkkkk*

Trabalhei bastante semana passada e de quebra ainda consegui um emprego temporário até dia 08/02, começo amanhã.  Emprego novo é legal, mas tem entrevista, exame admissional, testes psicológicos, 500 mil xérox de todos os documentos.

A minha ideia é continuar como autônoma no ramo de organização de eventos, mas janeiro é tãããããããã fraco que esse temporário veio bem a calhar e to feliz. A empresa parece ser boa e o salário tb é muito bom.

Antes do post de hoje queria agradecer as meninas que comentaram o anterior, a princípio continuarei com o meu médico mesmo, mas queria tanto ser atendida por um humanista pra ver como é *kkkkkkkkkk*, mas sem crise… Passou! Dia 07/01 ligo no consultório da médica humanista pra ver se consigo uma horinha.

Hoje queria contar pra vocês como está sendo meu primeiro mês sem anti – bb.

A Miss Red veio ontem e junto com ela muita cólica, mas muita mesmo, daquelas que pega da base da coluna atéééééé as coxas. Tinha quase esquecido como é sentir isso, mas um remedinho ajuda bastante!

Inchei horrorosamente no pré menstrual, mesmo fazendo drenagem (imagina se eu não fizesse), “engordei” quase 2  Kg. Até vou me pesar hoje pra ver se foi inchaço mesmo ou excesso de comilança. =D

Quando tinha TPM minha vontade era de comer doces e ficava mega irritada, a irritabilidade não mudou, mas a fome era uma coisa estranha pra mim e não era de doce não, era de comida salgada, achei super esquisito.

Tive tonturas, seios inchados, dor de cabeça e as vezes sentia cólicas leves do nada, até comentei com algumas amigas que era o corpo voltando a funcionar depois de quase 15 anos de anti – bb.

Essa última parte passou, os seios doeram até ontem, hoje já estão desinchados e sem dor.

Eu tinha meio que esquecido como era isso, fluxo mais intenso, cólicas, inchaços… Não é legal, embora necessário *kkkkkkkkk*

A vida de tentante continua, quem sabe no próximo mês?!

Beijocas e uma ótima semana a todas!