Na concentração…

Olá, meninas…

Todas aproveitando o mega feriado?

Aqui amanheceu um sol LINDO e acho que daremos uma andadinha na praia mais tarde pra firmar o bronze *kkkkkkkkk*

Ontem fomos padrinhos de casamento, uma cerimônia linda demais, super emocionante. Adoro casamentos e sermos convidados pra padrinhos desse casal foi muito legal… Vou tentar colocar alguma foto que não me denuncie =D

Ontem também “decidimos” parar com o AC!

Peguei meu exame de urina e a cultura deu: “Não houve crescimento de microorganismos”, ou seja, tudo certinho.

Deveria ter iniciado a cartela sexta, mas esqueci de comprar e cheguei de SP só pó, ontem com o casamento (que foi cedo e na cidade vizinha) me enrolei com o horário e ignorei o remedinho. Voltando do casamento, decidimos não iniciar essa cartela, pois sexta (23/11) eu vou ao médico… Continuaremos com outros meios contraceptivos até o “doutor” dar o OK final a parada do AC.

Agora é só concentração para a largada oficial!

Será que virarei tentante esse ano ainda? Eu e o marido esperamos que sim.

Muitos Beijos e aproveitem o restante do feriado GIGANTE!!!!

Anúncios

Enquanto isso….

Olá meninas!

Enquanto não chega o dia da nova consulta com o GO (14/11), vamos papeando por aqui, néan?!

Essa será minha última consulta com esse GO, em agosto quando fiz minha primeira consulta pensando já em engravidar ele me passou os exames e eu já perguntei o que ele achava sobre parto normal, as respostas dele foram dignas da página Moça, teu GO é cesarista.

 

ImagemPrimeiro ele disse que achava PN ótimo, mas que o TP duram em média 12 horas de dores muito fortes onde o útero se expande para o bebê sair, depois que havia feito um parto normal em uma oriental e ela aguentou as dores sem reclamar, porém uma das pacientes (brasileiras) dele não aguentaram nem uma hora de dor e pediram a cesária, nesse momento eu disse que tinha amigas que tiveram parto natural, ele me interrompeu e disse que a vida sexual é muito importante nos dias de hoje e que a vagina tem em média 3 cm (ele fez uma forma juntando o polegar e o indicador) e passará um bebê de 3.000 Kg em média ou seja, a vagina não voltará ao normal então eu teria que discutir isso com o meu marido e não com minhas amigas. Argumentei que uma amiga teve gêmeos de PN e não teve problemas, ele rebateu com: gêmeos são menores, bebês até 2.500 Kg não causam tanta dilatação e a vagina volta ao normal.

Sai dessa consulta bem decepcionada, mas realmente achei que ele só estava tentando me mostrar a realidade do PN, mas depois que a ficha caiu mesmo, percebi que se fosse uma pessoa “alienada” ele teria me colocado um medo irracional do PN, mas o que ele não sabe é que eu tenho me informado muito sobre o assunto e ele não me assustou, apesar do medo de sentir dor =D

Voltei lá com os exames como contei aqui, mas não toquei no assunto e deixa ele achar que ainda serei paciente dele, realmente não estou a fim de comprar essa briga, prefiro mudar antes. 

Conversei bastante com minhas amigas e com a minha mãe que teve PN e elas me tranquilizaram, disseram que dói bastante sim, mas que depois que o bebê sai a recuperação é ótima e principalmente pro bebê é a melhor opção.

Consegui uma médica indicada por duas amigas e num blog de uma doula da cidade onde moro, mas só consegui marcar para dezembro. Como ainda estou na fase de pré – tentante, marquei e vou lá dia 11/12.

Meu marido super me apóia em relação ao parto, sempre separo várias matérias e depoimentos de blogs pra ele ver. 

A “discussão” entre nós agora é sobre o aleitamento exclusivo até os 6 meses, ele acha que o bebê precisa sim de água antes disso… To separando algumas matérias pra ele ler sobre isso! Mas é assunto pra um outro post!

Beijocas e uma ótima e ensolarada semana!

Iniciando os Trabalhos!!!!

Olá pessoas!

Tive um comentário no post anterior,  muito legal, fiquei bem feliz!

O primeiro post foi uma introduçãozinha, hoje começamos com a “real” intenção disso, contar como é ser uma pré tentante, depois virar tentante e depois (se tudo der certo) uma gestante.

A maioria dos Blog que temos disponíveis são de casais que já tentam, de gestantes ou já mamães e o antes disso tudo, onde fica? Como é? Por onde começar?

Bom, eu sou casada a um ano e 5 meses, tenho 31 anos e meu marido 26. Faz um tempo que decidimos que começaríamos a tentar ter um bebê no meio desse ano (2012).

Em agosto fui a primeira consulta com o GO para esse fim. Fiz o exame periódico (Papa Nicolau) e o médico me passou 10 tipos de exames de sangue e 3 de urina. Os de sangue tinham: tipagem sanguínea, RH, HIV, Hepatite B e C, Toxoplasmose e mais um monte de outros que eu não lembro e o de urina tinha a tal cultura.

Dia 04/10 voltei lépida e faceira com meus exames (que claro que eu já tinha aberto) achando que já pararia a pílula, mas na cultura da urina, foi detectada uma infecção que pode ser abortiva. Imagina se sigo o meu marido (que tá doido pra ser papai) e paro o remédio antes disso? Jamais me perdoaria se algo desse errado!

Agora to na fase de tratamento dessa infecção que constituem em 10 dias de antibióticos a cada 6 horas e uma pomada intravaginal para combater a candidíase que esse antibiótico causa. Uma semana após a parada do antibiótico tenho que refazer a cultura da urina, que pra mim é um carma… Não suporto fazer xixi no tal potinho, travo toda!

Além do complexo de vitaminas para pré tentantes, inclusive o tal ácido fólico que serve para prevenir uma má formação que é a causa de muitos abortos espontâneos nas primeiras semanas (isso uma amiga que me contou, porque eu desconhecia a utilidade do tal ácido).

Dia 14/11 eu volto lá com esse novo exame de urina pra ver se a infecção sumiu e ver se ele “deixa” eu parar de tomar a pílula.

Espero que tudo corra dentro do esperado =D

Até a próxima.

Beijocas

Imagem daqui